Mais uma vez a Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Valinhos (AEAAV), vem se manifestar com relação ao trabalho de Revisão do Plano Diretor e da Lei de Uso e Ocupação do Solo proposto pelo Executivo Municipal de Valinhos.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA!

Após as reuniões ocorridas em 21/01/2020 com o Executivo Municipal e seus técnicos, empresa GEOBRASILIS, Ministério Público e AEAAV e em 06/02/2020 com o Executivo Municipal, Conselho Municipal de Meio Ambiente, Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, OAB, empresa GEOBRASILIS e Ministério Público, a entidade se mostra mais uma vez muito preocupada com a proposta de revisão e compartilha a Nota encaminhada em 20/02/2020 ao Executivo Municipal.

Após recebidos os dados solicitados ao Executivo Municipal, sobre os lotes vazios urbanizados e glebas vazias existentes no perímetro urbano consolidado, pudemos novamente confirmar nossa manifestação contraria à ampliação da zona urbana com a ocupação de áreas rurais atuais, de proteção ambiental e em patamares absolutamente desnecessários e sem embasamento técnico condizente com uma proposta séria para os próximos 10 anos.

Outros pontos apontados em nossa manifestação vêm de encontro a uma política séria e responsável de planejamento urbano, clareza nas políticas públicas para implantação da função social da propriedade que deveriam ter norteado essa proposta de revisão como um todo. Embora nos manifestemos com relação ao que entendemos serem os pontos mais prejudiciais ao município e à sociedade Valinhense, cabe ressaltar que não pactuamos com a proposta como um todo, por entender que, se aprovada e implantada, sérias consequências deveremos colher nos próximos anos, com um futuro incerto, sustentabilidade e bem estar social comprometidos, indo inclusive na contra mão com relação às políticas de sustentabilidade e desenvolvimento adotadas pelos municípios vizinhos, onde a preocupação com suas áreas rurais, de proteção e bem estar social foram levados em seus planos diretores e legislações a um nível de amplitude condizentes com a realidade e solicitação da sociedade.

Somos uma entidade técnica com mais de 33 anos de atuação no município de Valinhos, formada por profissionais das mais diversas áreas da tecnologia e não poderíamos nos esquivar de manifestar nossa posição sobre assunto tão importante e relevante, principalmente após ouvirmos os anseios de grande parte dos colegas que fazem parte do quadro da entidade e também da sociedade organizada em seus diversos segmentos após todo esse processo, até o momento em que nos encontramos.

Sem dúvida alguma um SINAL DE ALERTA está aceso e cabe a todos nós e principalmente à Gestão Municipal (Executivo e Legislativo), a responsabilidade sobre o futuro que queremos, ainda há tempo para reflexões e atitudes que venham de encontro a uma Valinhos melhor para todos.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *